7 alimentos que auxiliam no controle da gastrite

alimentos-melhorar-gastrite

Que tal conhecer 7 alimentos que auxiliam no controle da gastrite? Você está sentindo um incômodo na barriga? Dor, queimação? Você pode estar com gastrite!

O que é gastrite?

A gastrite é uma inflamação na mucosa do estômago, e através do seu diagnóstico é possível que se tenha uma série de restrições alimentares, como: evitar alimentos gordurosos, ácidos, frutas ácidas, café, entre outros.

Mas assim como possuem alimentos restritivos, por outro lado existem outros considerados aliados, que além e auxiliarem no controle da doença, ainda são responsáveis por recuperar boa parte da parede do estômago. Confira:

1- Hortelã e alecrim

Principalmente através do chá, pois são altamente digestivos e calmantes, sendo assim capazes de diminuir a acidez do estômago.
Dica: Consumir meia hora antes da refeição

2- Frutas não ácidas

Confira uma pequena listinha de frutas que não agridem o estômago:

  • Laranja lima
  • Banana
  • Maçã
  • Pêra
  • Goiaba
  • Mamão

3- Suco de Aloe Vera

Mais conhecido como babosa, a erva possui ainda poder cicatrizante, contribuindo para diminuir a ferida estomacal.

4- Peixe e frango com pouca gordura

Isso mesmo, tanto o peixe quanto o frango, se preparados de modo grelhado, refogado ou cozidos, são sempre muito bem-vindos. Já as carnes vermelhas, as indicadas são: patinho, coxão mole e lagarto, que possuem menor teor de gordura.

5- Suco verde

Importante para quem quer manter uma alimentação saudável, o suco verde ainda é um grande auxiliador para combater a gastrite. O suco possui salsinha e couve, ambos ricos em clorofila, zinco e antioxidante, itens primordiais para a recuperação plena do estômago.

6- Legumes ou verduras refogadas

Legumes e verduras refogadinhos são apreciados por muitos, não é mesmo? E quem possui gastrite também pode consumi-lo, mas sempre refogados. Isso porque algumas dessas verduras e legumes são mais duras, o que pode incomodar a parede do estômago, ao refogar, o alimento passa a ser digerido de modo mais fácil.

O ideal é o seu consumo tanto no almoço como na janta.

7-Caldo de feijão

Por causa de sua fermentação, o grão do feijão em si deve ser evitado entre as pessoas que possuem gastrite, já o seu caldo pode muito bem ser aproveitado. A vantagem do caldo é preservar os principais nutrientes do feijão e ser de fácil ingestão.

Embora o grão do feijão deva ser evitado por causa da fermentação que provoca, o seu caldo pode ser aproveitado. Além de ele ser facilmente digerido, você pode aproveitar os nutrientes que o feijão oferece e ainda matar a vontade, já que o gosto do caldo não se modifica quando separado do grão.

 

Por Dra. Vanessa Mara Lodi (CRN 10-2310)
Especialista em Nutrição Esportiva , Suplementação, Estética e  Reeducação Alimentar.
Pós Graduada em Nutrição Esportiva e Suplementação (UGF)
Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional (UCS)
Pós Graduanda em Fitoterapia Integrativa (IUCAP)
Membro da Sociedade Brasileira de Nutrição Funcional.
Palestrante Na área da Nutrição Esportiva e estética e suplementação em todo Brasil
Consultora Técnica da linha de Suplementos Macrophytus
Contato: www.nutrivanessalodi.com.br  Consultas: 48-3091-5310