Como acontece a queima de gordura – Por prof. Eduardo Machado

opciones binarias vigilante opiniones http://big-balloon.nl//images/stories/explore.gif queimar-gordura
Primeiro temos que entender que a “queima de gordura” se chama lipólise e no tecido adiposo ela é controlada por hormônios, e isso é um fato. Os hormônios, não todos, estimulam a lipase sensível a hormônio (HSL).

indicador opções binarias 60 segundos http://mullbergaskolan.se/?pankreatit=Cialis-inget-receptbelagda&b09=29 QUAIS HORMÔNIOS ESTIMULAM A HSL?

O mais potente são a noradrenalina e adrenalina, que são produzidas nas glândulas supra renais e recebem o nome de catecolaminas. Entretanto, temos outros hormônios menos potentes para isso. O Hormônio do crescimento (Gh), testosterona, T3, CORTISOL, glucagon (parece que só in vitro).

opciones binarias 15 minutos QUAL O PAPEL DESSA ENZIMA HSL?

Essa enzima quebra (hidrolisa), os triglicerídeos até monoacilglicerol, depois esse é hidrolisado pela monoacilglicerol-lipase. No final vamos ter 3 moléculas de ácidos graxos e 1 de glicerol.

source site SE PUDESSE RESUMIR ESSA PARTE COMO SERIA NO CASO DO EXERCÍCIO FÍSICO?

A lipólise é estimulada pelas catecolaminas durante exercício a partir de nervos noradrenérgicos, e é inibida pela insulina.

http://makse.com/?kremel=new-york-hookup&672=e5 ENTÃO O IDEAL É NÃO COMER CARBOIDRATOS?

Não necessariamente, geralmente associamos carboidratos com a liberação de insulina, isso realmente é verdade, eles liberam insulina. As proteínas/aminoácidos também liberam insulina em menor magnitude, é claro. O grande segredo pode estar em não liberar muita insulina na hora errada, antes do exercício físico, por exemplo. Outro fator interessante é que algumas pessoas podem responder diferente ao consumo de carboidratos e proteínas, mas isso tem que ser investigado, existe poucos estudos ainda sobre o assunto.

http://chalkstreamflyfishing.co.uk/テδε・津δづ「ツ€ツ榲δε「ツ€ツ堙δづ「ツ€ツ堙δε・津δづつ「テδε「ツ€ツ堙δづ「ツつャテδε「ツ€ツ堙δづ・。 E NO CASO DO JEJUM, COMO FICA O PROCESSO?

No jejum, temos algo que facilita a utilização de gordura, não temos insulina. Uma adaptação em longo prazo ao jejum prolongado, esta relacionado ao cortisol, ele estimula a expressão de HSL, desse modo, temos aumento na concentração e atividade dessa enzima. No período pós-prandial, depois de uma refeição, a HSL é inibida pela insulina e a liberação de gordura fica menor. Outra coisa interessante sobre jejum e exercício, diz respeito ao uso de aminoácidos para formar glicose, no fígado. Realmente isso acontece, mas os aminoácidos não são a única fonte para isso. A enzima Glicerol-cinase está ausente no tecido adiposo branco, dessa forma, o glicerol não pode continuar sendo metabolizado nas células de gordura (a opinião mais clássica diz o contrário). O glicerol acaba saindo da célula e indo parar no fígado, onde a glicerol-cinase hepática forma glicerol 3-fosfato, o qual está pronto para a gliconeogênese, em outras palavras vira glicose no fígado.

source PARA ONDE VAI ESSA GLICOSE PROFESSOR?

Para onde for preciso, parte dela pode servir ao fígado, voltar para o sangue, ir para o cérebro e/ou para o próprio músculo esquelético. Junto com os aminoácidos que podem ser convertidos também em glicose no fígado.

go site ESSA GLICOSE PODE LIBERAR INSULINA DURANTE O EXERCÍCIO FÍSICO E ATRAPALHAR A LIPÓLISE?

Não, a quantidade de glicose é insuficiente para estimular o pâncreas a liberar insulina. Para entender sobre isso teremos que conversar sobre duas outras coisas: Primeiro sobre índice glicêmico e segundo sobre carga glicêmica.

 

Por http://docimages.fi/?dereter=24option-com-erfahrungen&94d=ac Eduardo Machado 
Personal trainer / preparador físico (CREF: 091873-G/SP) 
Especializado em treinamento de força na saúde e na doença HC-FM-USP
Especializado em Medicina do Esporte  e da Atividade Física – UGF
Pôs graduado em Atividade Física  na Gravides e Pôs-parto – UGF
Instagramicone facebook
 
 *Conheça nosso site ppzioni bunarieconto demo AQUI