Esportes Radicais… disciplina e treinamento!!

gabriel-medina-surf-evangelho-deus-mudanca-vida
Com a chegada do final do ano aumenta a procura por uma atividade física ou esporte que trabalhe com a finalidade estética. Por isso, cresce o número de participantes em academias e centros esportivos.

Porém, ao longo do ano, independente de clima ou algum estereótipo físico estimulado pela mídia, existem os praticantes de esportes não convencionais, ou os também chamados “esportes radicais”. Esporte radical é caracterizado como uma atividade que exige alto grau de condicionamento físico (força, resistência, equilíbrio, entre outros), utilização de equipamentos específicos e, assim como qualquer outra atividade, uma atenção especial para a alimentação e “suplementação” que deve ser adequada para aquele esforço.

Dentre os esportes radicais mais praticados em São Paulo podemos citar o skate, o surf (litoral paulista), a escalada, o parkour e o downhill (bike e skate); tudo isso devido às características físicas desta grande metrópole.

montagem

Para a prática de determinadas modalidades radicais temos a necessidade de aperfeiçoar algumas capacidades físicas do ser humano, que pode ser definida como qualquer atributo físico que possa ser treinado, havendo uma melhora quantitativa, por exemplo: FORÇA, EQUILÍBRIO, VELOCIDADE, AGILIDADE E COORDENAÇÃO MOTORA.

crossfit_1

Para a melhora das capacidades físicas, nem sempre o praticante necessita frequentar uma academia ou um centro de treinamento, muitas destas capacidades podem ser treinadas com materiais alternativos (equipamentos funcionais) ou até mesmo com a prática intensiva da modalidade. Um exemplo disto é o surf – de nada adianta o praticante realizar seguidas sessões de exercícios de equilíbrio, coordenação motora ou resistência muscular, se no seu tempo livre não frequentar o ambiente determinado a prática. Para evolução deste tipo de esporte, se faz necessário a prática real do mesmo. Isto porque as condições climáticas no surf influenciam muito no desempenho do indivíduo.

Independente da sua escolha esportiva, seja ela radical ou não, vale lembrar que o exercício físico, para a melhora da saúde e qualidade de vida, deve ser praticado de forma ininterrupta e, de preferência, com disciplina, com intervalos entre as sessões e uma atenção especial na alimentação pré, pós e até mesmo durante a prática.

Por Felipe Guadagnin
Treinador Individualizado Body Tech Santana
Proprietário da @mammafood
Contato: felipeguadagnin_pt@hotmail.com
Instagramicone facebook

linha
                                    CONFIRA OS MELHORES PRODUTOS PARA SEUS OBJETIVOS

emagrecimento