MUSCULAÇÃO X ENDURANCE – ESTRATÉGIAS DE NUTRIÇÃO

Musculação-e-a-corrida

Será que os praticantes de corrida, ciclismo e natação podem utilizar as mesmas estratégias de nutrição usadas pelos praticantes de musculação? 

O marketing da indústria da suplementação quase sempre é dirigido aos praticantes de musculação, mas, sem dúvida, vários suplementos muito conhecidos por quem treina musculação podem ser usados por corredores, ciclistas e nadadores. Além dos suplementos, algumas estratégias nutricionais também podem ser aplicadas tanto para o treinamento de força quanto para praticantes de atividades de endurance. A aplicabilidade de cada estratégia ou suplementação deve ser avaliada individualmente, de acordo com a intensidade e objetivo de cada treinamento, mas, como referência, seguem alguns exemplos.

            PROTEÍNAS DE RÁPIDA ABSORÇÃO APÓS O TREINO

Seu uso pode melhorar o processo recuperativo e reduzir a proteólise (quebra de proteína muscular), ajudando a minimizar a perda de massa muscular tão comum entre atletas de endurance. Como exemplos de proteínas de rápida absorção, temos a proteína da carne em pó, a whey protein e a proteína do arroz. O consumo da proteína, em conjunto com carboidratos (dextrose, maltodextrina, waxy maize), também pode ajudar a acelerar o processo de síntese de glicogênio (reserva de carboidratos). Para atividades acima de 1 hora de duração, sugiro utilizar algum suplemento à base de carboidratos que contenha eletrólitos (sódio, magnésio, potássio…) ou então acrescentar balas/pastilhas de sódio.

           BCAAs

Esses aminoácidos (BCAA) que são consumidos como fonte energética durante o exercício, além de ajudarem na recuperação e redução da proteólise, também auxiliam no retardo da fadiga do sistema nervoso central, um dos limitadores da performance. Pode ser usado antes, durante e após o exercício.

          GLUTAMINA

Seu uso pode auxiliar na manutenção do sistema imunológico, fundamental para quem tem uma rotina intensa de exercícios. Também pode auxiliar bastante na melhora do processo recuperativo. A glutamina pode ser usada pela manhã, antes de dormir e/ou logo após uma sessão de treinamento.

                                                                                                  CREATINA
Apesar de a creatina ser um suplemento amplamente conhecido em atividades de alta intensidade e curta duração, seu uso também apresenta alguns benefícios para atividades de duração mais longa. Além de auxiliar em um possível Sprint em alguns momentos da prova/treino, também auxilia no processo de hidratação.

            DISTRIBUIÇÃO DOS NUTRIENTES AO LONGO DO DIA

Um erro muito comum dos praticantes de esportes de endurance é negligenciar a ingestão de proteínas. Entre os fisiculturistas, a regra é garantir a ingestão de proteínas em todas as 5 – 6 refeições diárias, para aproveitar ao máximo a síntese de proteínas. Essa prática, para o praticante de atividades de endurance, pode ajudar a evitar a proteólise (perda de massa muscular), que aumenta muito o risco de lesões.

            ÔMEGA 3, VITAMINAS, MINERAIS E ANTIOXIDANTES

O uso suplementar de ômega 3, vitaminas, minerais e antioxidantes, é importante tanto na musculação quanto no endurance. Mas os tipos e quantidades a serem administradas variam de pessoa para pessoa, de acordo com suas características e objetivos. Por isso, a avaliação profissional é de suma importância.

Em resumo, as práticas originadas na musculação podem, sim, ajudar os praticantes de corrida, natação e ciclismo. O mesmo não ocorre quando esportistas que buscam melhorar sua performance, passam a usar estratégias típicas de praticantes de musculação para melhorar a estética corporal. Dentre elas, posso citar a prática da atividade aeróbica em jejum, que, em meio a muitas controvérsias, visa otimizar o uso de gordura como fonte energética, trazendo benefícios estéticos, mas sem contribuir para a melhora da performance.

Para obter os melhores resultados possíveis, seja qual for o seu objetivo, o acompanhamento profissional é sempre recomendado. Procure um nutricionista e descubra quais as melhores estratégias nutricionais e suplementos mais indicados para as suas necessidades.

 

Por Rodolfo Peres
Nutricionista Esportivo – CRN3 16389
Consultor Científico  Atlhetica Nutrition
Instagramicone facebook