Os benefícios do treinamento aeróbio na perda de peso

Exercícios-Aeróbicos-Para-Perder-Barriga-01Olá amigos do #TeamFlex! Sejam bem-vindos mais uma vez ao nosso blog! Semana passada ao abordarmos a pesquisa divulgada pelo ministério da saúde, que relatava uma enorme quantidade de pessoas com sobrepeso, recebemos questionamentos sobre qual seria a forma mais adequada de reduzir este sobre peso. A grande maioria dos questionamentos abordava: aeróbio, musculação ou os dois tipos de treinamento, o que seria mais eficiente? Como estamos sempre na busca por acabar com as dúvidas e sermos #AbsolutamenteCompletos vamos seguir o debate, abordando hoje a importância do aeróbio.

Recentemente falamos sobre a musculação e o treinamento resistido apontando como o mesmo poderia auxiliar nesse processo de perda de peso. Pois bem, as vantagens dos exercícios aeróbicos para o coração são bem conhecidas. O corpo todo, entretanto, se beneficia. Estes exercícios trabalham o coração, fortalecendo-o. Podemos definir como um dos grandes benefícios o aumento do volume de ejeção sanguínea. Em indivíduos normais, a fração de ejeção é de, aproximadamente, 60%. O volume diastólico final corresponde ao volume restante no ventrículo ao final da diástole. Seu valor normal é em torno de 100ml.

Em indivíduos com insuficiência cardíaca, o coração passa a funcionar como represamento de sangue ao invés de bomba, diminuindo o volume sistólico – a fração de ejeção é em torno de 30%. Assim, além da falta de irrigação para o restante do corpo, há dificuldade de transferência de sangue do pulmão para o coração, o que causa aumento da pressão pulmonar. Esse aumento, além de distender os capilares pulmonares e dificultar o processo difusional alvéolo-capilar, gera edema pulmonar, pois há passagem de líquido dos vasos para os alvéolos. Logo podemos perceber que a função adequada dos tecidos do organismo depende da qualidade da função celular. Esta, por sua vez, depende de condições ótimas do meio ambiente no qual as células vivem, o líquido extracelular. As condições ótimas do meio ambiente celular incluem as concentrações de materiais nutritivos, hormônios e dejetos do metabolismo, a tensão dos gases respiratórios e a temperatura. Um meio ambiente ótimo para a atividade celular somente pode ser mantido por um fluxo sanguíneo ininterrupto para os tecidos, função primordial do sistema circulatório, no qual o coração serve como única fonte de energia propulsora do sangue.

Mas o que queremos passar com todas essas informações?

Um coração treinado desempenha todas estas funções vitais com muito mais qualidade e esse talvez seja o grande benefício do exercício aeróbio. Aumentar o gasto calórico diário também surge como uma das vantagens deste tipo de treinamento. Manter o corpo em atividade sem repetir grupos musculares na musculação é também um dos benefícios de quem se utiliza desta escolha.

Bons treinos a todos e até a próxima!

Por Bruno Xavier

Bacharel em educação física
Especialista em administração e marketing esportivo
Especialista em gestão de clubes
icone facebookInstagram